Um pouquinho de Spydeberg, Noruega

Spydeberg! Para começar, a maneira correta de dizer esse nomezinho não é “ispáideberg” – a gente imediatamente pensa que é assim, quando vê o Spy de Spydeberg. Engano. A maneira correta de falar é “ispí” mesmo. “ISPIDEBERG”, Spydeberg. 
 
Não creio que em alguma época do ano seja um local propriamente turístico, mas quem me recebeu na Noruega tinha uma casa maravilhosa nesta localidade, e lá fui eu. De Oslo até Spydeberg são aproximadamente 50 quilômetros, e leva-se em torno de 45 minutos a uma hora, de carro. As estradas são boas, mas no inverno ficam sujas com a mistura de neve, sal (para desfazer a neve e deixar as estradas menos escorregadias) e resíduos dos veículos (óleo, gasolina). Spydeberg é um município (os locais chamam de comuna) componente do condado de Østfold. Tem cerca de 5000 habitantes e mais ou menos 142 quilômetros quadrados.
 
 
Prefeitura de Spydeberg, dia de verão – acervo pessoal
 
A cidade é pequena, mas ainda assim tem uma espécie de “centro”, onde estão concentrados bancos, mercados, pet shops, salões de beleza, escolas, clínicas… 
 
É preciso estar protegido para o frio!!! Ao entrar nas casas, nos restaurantes, percebe-se que há calefação intensa. Até o piso é bem quente. Mas você chega da rua, entra num local fechado todo encasacado, e minutos depois começa a sentir calor. Daí percebermos que a melhor maneira de se vestir neste tempo é mesmo em camadas, que possam ser retiradas ou acrescidas sem que necessariamente você precise de um local reservado, e sem descabelamento, tirar sapatos, etc.
 
Tanto em Spydeberg quanto nos outros locais próximos que conheci (Oslo, Ski, Moss, Askim) o que vi foi neve de verdade: alta, fofa, linda, daquele tipo que imaginamos quando somos crianças… e brasileiros que somos, nos perguntamos se algum dia na vida veremos aquilo de verdade…
 Spydeberg, fevereiro/2011, manhã
Até então, lareira era para mim uma coisa de filme. Aqui, uma de verdade, com seus acessórios para limpeza
Spydeberg, fevereiro de 2011, fim de tarde
 
 Fevereiro/2011, Spydeberg, manhã
Fevereiro/2011, Spydeberg, início da manhã – é lindo!!!!! Tanto tempo depois, essa foto ainda me emociona.
 Esta é a igreja de Spydeberg, abaixo (existe também a pequena capela). Eu passei por esta igreja quando estive em Spydeberg, mas apenas em 2014 descobri que ela também abriga um pequeno cemitério 🙁  .

 

http://spydeberg.kirken.no/kirkene-i-spydeberg/spydeberg-kirke
http://spydeberg.kirken.no/kirkene-i-spydeberg/spydeberg-kirke
Para procurar hotéis em Spydeberg e suas proximidades, por favor clique aqui, ou consulte a caixa de busca Booking.com!
 

2 comentários em “Um pouquinho de Spydeberg, Noruega

  • 17/05/2014 em 17:27
    Permalink

    Boa tarde,<br />Na sua opinião, vale a pena não levar roupas de frio do Brasil, e comprá-las na Noruega mesmo?<br />Obrigada.

    Resposta
    • 17/05/2014 em 23:58
      Permalink

      Boa noite. Eu não tive a experiência de comprar roupas de frio na Noruega. Levei do Brasil, e dois agasalhos que vieram dos Estados Unidos. Como tudo na Noruega é beeeem caro, suponho que seja interessante você pedir emprestado, se a sua frequência de viagens no inverno não justificar a compra. Em algumas cidades, por exemplo Londres e Orlando, sei que vale muito a pena comprar roupas de frio.

      Um abraço,

      Lena Reis
      = Viajando no Blog =

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *