Oslo-Copenhagen-Oslo, de navio

 

Dinamarca1

 

Chegamos à Dinamarca fazendo um minicruzeiro (ou mini-cruzeiro?!?) que partiu de Oslo, capital da Noruega. Era uma tarde muito fria, muita neve na rua. Fomos através da DFDS (http://www.dfdsseaways.co.uk/). A rota? Oslo-Copenhagen-Oslo. Fomos de carro de Spydeberg (Noruega) até o Porto de Oslo, e lá o namorado deixou o carro (pegaríamos no retorno).

O endereço do ferry port para DFDS Seaways e Stena Line é Vippetangen, Utstiker 2, 0106 Oslo, Norway, e no link a seguir há as maneiras de chegar lá (http://www.dfdsseaways.co.uk/customer-service/denmark-norway-ferry/getting-to-us/port-oslo/).

Eu não sabia que iríamos, parece ter sido uma decisão de última hora do então namorado. Convite feito, convite aceito. Eu não me lembro o dia exato em que partimos, se era meio de semana ou final de semana. Esta foi a primeira vez que estive num navio, a passeio. A seguir, um exemplo da simulação feita no website da DFDS  (talvez seja necessário clicar na imagem para vê-la com melhor resolução.

SIMULAÇÃO MINI-CRUISE OSLO-COPENHAGEN-OSLO FEITA EM http://www.dfdsseaways.co.uk/

Atenção: seu passaporte será requerido, exatamente como se você estivesse cruzando fronteiras na Europa num avião.

Em termos práticos, o número de horas para passear pela Dinamarca é bem reduzido (em torno de apenas 6 horas!!!!!) então o divertido da coisa consiste em aproveitar o que o mini-cruise oferece dentro do navio: restaurantes, bares sem/com pista de dança, cinema, salão de jogos e compras tax-free – além, é claro, da paisagem em redor.

Eu não tenho muitas fotografias próprias deste passeio que possam ser utilizadas, aqui no blog.

Assim, eu solicitei e obtive autorização de uso e menção de imagens ao finlandês Jani Nousiainem, que em suas páginas

http://matkustajalaivat.com/Ferries/DFDSSeaways/Crownseaways1994/etusivu.htm

e

http://matkustajalaivat.com/Ferries/DFDSSeaways/Crownseaways1994/Crown%20of%20Scandinavia%20Cabins/index.html   reúne fotografias que, se não são do mesmo navio em que estive, são de outro navio muito, muito semelhante.

De toda forma, a seguir há algumas imagens feitas por mim, durante este passeio:

Dinamarca2

Dinamarca3  Dinamarca4

Dinamarca5

As quatro fotografias acima foram tiradas quando já estávamos dentro do navio, talvez no segundo ou terceiro pavimento, numa das varandas. A quarta foto mostra o pátio de carga deste porto, que é múltiplo (navios de carga e também de passageiros transitam por ali).

 

Dinamarca6

Dinamarca8

Sim, é gelo no mar! E é muito lindo de ver! As duas imagens acima são da saída de Oslo.

Dinamarca7

Dinamarca9

Dinamarca10  Dinamarca11

 

Na manhã em que desembarcamos em Copenhagen, capital da Dinamarca, o tempo estava um pouco esquizofrênico: dia bonito, sol aberto, neve fininha, tudo ao mesmo tempo! Chega-se no porto de Copenhagen, cujo endereço é: Dampfaergevej 30, 2100 Copenhagen.

PORTO COPENHAGEN 1

PORTO COPENHAGEN 2

Atenção: as duas imagens acima são capturas de 2014 feitas do Google Earth por mim na data deste post, e não na data de minha viagem (https://www.google.com/earth/). Mostram o porto em que desembarcamos em Copenhagen.

Uma pequena curiosidade sobre estar neste cruzeiro: como disse antes, eu nunca havia estado antes nesta situação. E, por razões diversas, eu estava em contato constante com Edson, meu chefe, durante essa viagem.

Edson é uma pessoa do tipo “tudo de bom”, de verdade (“chefe” é diferente de “pessoa”, e se mostrou tão meu amigo nessas “confusões norueguesas”…). Sendo ele um sujeito viajado (:-)   inclusive com certa vivência em cruzeiros…),  eu não tive dúvida: mandei um e-mail para ele contando a novidade do cruzeiro, e perguntei A ELE o que é que eu deveria vestir nessa situação!!!!!

A resposta veio rápida como eu necessitava e serena como é hábito dele: dizia que esses mini-cruises são sempre menos formais (e estava certo), e que apenas nos grandes cruises costuma acontecer a famosa “noite do comandante” (certo de novo); disse ainda que eu lançasse mão do meu bom gosto e que “com toda a minha simpatia” eu não teria que me preocupar com o que estaria vestindo. Me acalmou totalmente com relação a esse quesito! Quem dentre vós poderia tirar uma dúvida assim com o chefe? !!!

Contei essa estorinha uma vez a uma amiga, que me perguntou imediatamente se meu chefe era gay. E não, ele não é. É apenas gentil, mesmo, e entendeu minha inexperiência na coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *