Wanderlust – a explicação do desejo

Alguma coisa acontece no meu coração… WANDERLUST!

Há meses eu vivencio uma sensação que é muito, muito mais que apenas uma sensação. Estou vivendo em estado de desejo permanente de fazer determinada viagem, cuidando dos planos de viagem com todo o meu amor e minha capacidade analítica, acordo e durmo pensando nela, desvio minha atenção por causa dela, guardo meus dinheiros porque ela demanda, já amo essa viagem antes mesmo da viagem acontecer.

flores em paris viajando no blog
Flores em Paris…

Viajar é sempre maravilhoso, ou quase sempre, mas essa viagem que mora em mim atualmente é tão desejada, tão pensada, que eu que vivo com saudade dos lugares que já visitei,  já estou até sentindo saudades do que nem vi ainda, dos lugares aos quais ainda não cheguei.

A esta síndrome maluca e doce, que já me acometeu algumas vezes, e que nesse exato instante vivencio, chamamos WANDERLUST.

O termo tem origem no alemão e não possui tradução literal para o português, mas pode ser interpretado como um forte desejo de viajar, deslocar-se, ir ao desconhecido, conhecer e aprender com o que é diverso de nós mesmos, desafiar-se. Tudo muito, muito familiar para mim e para tantos outros viajantes próximos de mim. Inclusive outros blogueiros de viagem!

dublin ônibus viajando no blog
Dublin – uma das saudades de todos os dias…

O Paulo e a Renata,  que estão por trás do blog de viagens Gastando Sola Mundo Afora, gentilmente convidaram o Viajando no Blog para tratar um pouco do assunto, sob a Tag #wanderlust , e eu não poderia ficar fora dessa! Afinal, quem vivencia sabe do que se trata!

Então vamos a fundo nisso?
⇒Quando e para onde ia o seu primeiro avião?

Eu poderia responder que foi quando criança, nas viagens com meus pais. Mas vou responder sobre minha vida adulta, consciente e já “padecendo” de wanderlust: foi em Dezembro de 2010, para Oslo, na Noruega.

⇒Para onde você já foi e gostaria de voltar?

Olha, eu sempre fiz viagens curtas e isso me deixa sempre com um gostinho de “quero mais”, mesmo que eu já tenha voltado ao lugar! Então… Londres, Dublin e Paris. Sinto saudade de Londres e de Dublin todo dia, gente!

rua bruxelas viajando no blog
Pelas ruas em Bruxelas

 

⇒Você está viajando amanhã e dinheiro não é o problema. Para onde você vai?

Para a Europa, para a Europa, para a Europa, para a Europa…toda ela me atrai profundamente.

⇒Método preferido de viagem: avião, trem ou carro?

Para longas distâncias, avião. Para médias distâncias, trem. Para curtas distâncias, ônibus. E se o trajeto permitir, caminhar é também bem legal. Como eu não dirijo, jamais planejo uma viagem pensando num possível carro.

⇒Site preferido de viagens?

Gente, que difícil! Para comprar produtos de viagem, todos os que tenho no Viajando no Blog, pois são as “marcas” nas quais confio. Para pesquisar ou apenas me encantar, minha lista de preferidos não tem tamanho!

Mas eu preciso mencionar dois aqui que moram no meu coração, forever and ever, porque foram simplesmente os primeiros blogs de viagem que conheci na vida: Mala de Rodinha e Nécessaire, da querida Celina, e Ducs Amsterdam, do Daniel e sua equipe. Essa gente fez parte de muitos preparativos de viagem e me trouxe muita alegria.

⇒Para onde você viajaria só pra comer a comida local?

Ih, gente… sou comilona e gosto de quase tudo! Mas essa é uma resposta fácil: Minas Gerais.

⇒Você sabe seu número de passaporte de cabeça?

Não, mas vale no porta-notas do celular?

temple bar viajando no blog
Na região de Temple Bar, em Dublin
⇒Você prefere o assento do meio, corredor ou janela?

Sempre corredor! Tenho mais liberdade para levantar, me movimentar, e tals, sem incomodar ninguém. Entre incomodar e ser incomodada, prefiro ser incomodada.

⇒Como você passa o tempo quando está no avião?

É pauleira, porque eu não durmo, nem com muito vinho na cabeça. Então eu leio, vejo filmes, escuto música, digito textos, faço anotações, etc.

brugge bélgica viajando no blog
Brugge, na Bélgica: como é linda…
⇒Existe algum lugar para onde você nunca mais voltaria?

Até esse momento, não. “Nunca” é forte e grande demais, né?

E você, como lida com a vontade de viajar, os preparativos da viagem, e o período pré-embarque? Conta pra mim!

4 comentários em “Wanderlust – a explicação do desejo

  • 26/03/2017 em 16:10
    Permalink

    Tudo lindo: imagens e texto! Vc viaja e eu “viajo” junto! Sempre me pergunto se um dia, vou percorrer os caminhos q vc faz e q sinto vontade de ir tbm! Embora, a possibilidade de ficar tanto tempo num avião me apavorar! Enquanto vc vai percorrendo seu caminho nas viagens, daqui (Espírito Santo), consigo ir tbm! Bio gde

    Resposta
    • 26/03/2017 em 16:48
      Permalink

      Minha querida amiga,
      Muito feliz que você tenha vindo ao Viajando no Blog hoje!
      Esse medo de avião vai acabar e ainda vou ver você passeando muito por aí!
      Ter sua companhia na vida é muito bom, e sei que de sua casa, mesmo longe, você sempre está comigo.

      Um beijo,

      Lena Reis
      = Viajando no Blog =

      Resposta
  • 26/03/2017 em 15:44
    Permalink

    Eu lido com a vontade de viajar … Viajando!! Muito bom o post. Fico feliz de saber que não sou o único a padecer deste mal!!

    Resposta
    • 26/03/2017 em 17:08
      Permalink

      Querido Paulo, boa tarde,
      Fico feliz com sua visita.
      Eu, você e Renata podemos dar os braços e atravessar essa vontade de viajar que nunca acaba!
      Um abração,

      Lena Reis
      = Viajando no Blog =

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *