National Leprechaun Museum: conheça um pouco do folclore irlandês

Dublin, na Irlanda, fez algo para ensinar a respeito e preservar uma de suas figuras folclóricas mais lúdicas: o Leprechaun.  Em Dublin nós encontramos o National Leprechaun Museum que é, até onde sei, o único museu dedicado especificamente a essa figurinha engraçada que é parte das lendas folclóricas irlandesas.

O que é um Leprechaun?

A lenda irlandesa descreve um Leprechaun mais ou menos com a mesma linha fantástica que usaria para escrever sobre um duende. Um Leprechaun é geralmente descrito como um homem pequenino, barbudo, que veste um terno verde e chapéu. A referência sempre é feita no masculino, não havendo, até onde procurei, “A” Leprechaun.

Veja algumas ilustrações que representam o Leprechaun:

De acordo com histórias, o Leprechaun é um habilidoso sapateiro, que passa a vida a fazer e consertar sapatos. Na verdade, variações da lenda dizem que quando um Leprechaun está próximo, você pode ouvir  as pancadinhas de seu pequeno martelo nos sapatos. Diz-se também dos Leprechauns que não são conceitualmente bons, ou corretos, mas muito travessos, conhecedores de truques e praticantes de charadas e adivinhação.

A criaturinha mítica, levada e fugidia,  “surgiu” pela primeira vez nos anos 700, e as lendas sobre Leprechauns são contadas por uma geração a outra. Diz-se que seu nome vem do antigo irlandês, e significa mesmo “homem pequeno”, mas há também alguns escritos que dizem que sua palavra pode significar “sapateiro”.

leprechaun-grass

Sobre o pote com moedas de ouro, que pode ser visto junto ao Leprechaun em algumas representações, trata-se da riqueza do homenzinho, que fica escondida no solo irlandês, num ponto exato conhecido por cada Leprechaun, e ninguém mais. Segundo a lenda, o Leprechaun deve dar este tesouro a qualquer um que o captura, como uma espécie de barganha para ser solto. Mas este pequeno acumulador não vai deixar o seu tesouro escapar facilmente, e mesmo quando capturado, tem truques e disfarces para iludir e enganar seu raptor, confundindo-se com a floresta, com o verde.

Carlingford leva os Leprechauns muito a sério

Na pequena Carlingford, uma cidade que ainda não conheço (mas conhecerei) que fica na divida entre a Irlanda e a Irlanda do Norte, a “existência” e a “proteção” dos Leprechauns é levada muito a sério, diz-se que lá estão os últimos Leprechauns irlandeses, e existe uma caverna (que na realidade é uma atração, um passeio da cidade) aonde os Leprechauns ficam seguros (“o único lugar com o aval da União Européia para as criaturinhas”) e, eventualmente, podem ser “encontrados” pois vão deixando, às vezes, pequenas pistas de seus caminhos.

 

 

carlingford-pixabay
Carlingford, Irlanda

Segundo os locais, Carlingford conserva muitas das características da época do “surgimento” dos Leprechauns e, por isso, é um ambiente familiar e seguro para eles. Caso você pense em visitar este lugar um dia, e quem sabe ficar amigo de um Leprechaun, poderá utilizar  este OU  este link para encontrar a atração.

National Leprechaun Museum

Voltando a Dublin, na cidade nós encontramos o National Leprechaun Museum. Num primeiro momento, parece uma atração infanto-juvenil, vamos admitir. Mas ainda assim, junto à narrativa dos storyteller (sim, a visita é conduzida por contadores de histórias engraçados, jovens, mas que precisam conhecer de História Irlandesa e Geografia para criar a narrativa) os visitantes vão entrando e saindo de ambientes engraçados e curiosos, em grupos pequenos, que iniciam sua jornada a cada pequeno intervalo de tempo.

Quem conduziu a minha visita foi a Nora, uma moça simpática e falante. Aliás, a minha visita ao National Leprechaum Museum foi um convite (#ap), pelo qual agradeço, e que fiz com curiosidade. Queria conhecer e saber mais sobre essas criaturinhas!

As visitas ao pequeno museu dividem-se em tours diurnos e noturnos, que são um pouco diferentes. O noturno é mais voltado para adultos – foi o que eu não fiz – e existe ainda, para os que estiverem em Dublin em Setembro, a Culture Night, que são perfomances curtas baseadas em diferentes mitos irlandeses, lendas e contos folclóricos, para pessoas maiores de 16 anos.

Não é fácil fotografar dentro do museu quando não se tem equipamento de ponta – portanto me desculpem as fotos fracas – mas é permitido fotografar o quanto vocês queiram. Os tours serão feitos em inglês, e sob agendamento, em irlandês. Então, use uma horinha de seu tempo em Dublin para conhecer o National Leprechaun Museum, aproveite a lojinha de presentes no final da visita, e se travar contato mais estreito com um Leprechaun… por favor, me conte como foi!

leprechaun-10

Assista aqui a um video curtinho feito durante a visita ao museu:

The National Leprechaun Museum from Viajando no Blog on Vimeo.

Antes ou depois de sua visita ao museu, lembre-se que você estará perto do Rio Liffey, ótimo comércio e muitos pubs. Já dá para emendar um programa no outro!

The National Leprechaun Museum
Jervis Street, Dublin 1, Irlanda
Telefone: +353 1 873 3899
Email:  rainbow@leprechaunmuseum.ie
Dica: O LUAS, Linha Vermelha – Red Line, tem uma parada bem próxima


Tour diurno: de 10 às 18:30h diariamente
Adulto  € 14,00
Crianças de até 12 anos  € 10,00 
Adolescentes  € 10,00

Tour Noturno – Darklands Tour – apenas para maiores de 16 anos
Quinta-feira noites 19:30h e 20:30h
Sexta-feira e sábado à noite  às 19:00h, 19:30h e 20:30h

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *